Distribuição da População e Dispersão Urbana no Estado de São Paulo, 2010

D''ANTONA, Álvaro de Oliveira; BUENO, Maria do Carmo Dias;

Resumo:

Na perspectiva do campo de População e Ambiente (P&A), a presente análise se constrói como parte de um esforço mais amplo de estender os estudos das mudanças no uso e na cobertura da terra (do inglês, Land Use and Land Cover Change - LUCC) para inclusão do rural e do urbano no quadro da organização e distribuião da populaão no espaço.

-:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/9788580391381-12

Referências bibliográficas
  • ALVES, J. E. D., CAVENAGHI, Suzana, Barros, LFW. A família DINC no Brasil: algumas características sociodemográficas. Textos para Discussão, Escola Nacional de Ciências Estatísticas, v.30, p.1 - 34, 2010.
    BUENO, M. C. D. Grade estatística: uma abordagem para ampliar o potencial analítico de dados censitários. Tese (Doutorado), Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, UNICAMP. 2014.
    BUENO, M. C; D’ANTONA, A. Avaliação de métodos de desagregação para geração de grades de população. Revista Espinhaço, v. 3, p. 127-137, 2014.
    D’ANTONA, A.; BUENO, M. C. Grades estatísticas no estudo da dispersão urbana – superação dos limites das unidades administrativas e operacionais censitárias
    In OJIMA, R.; MARANDOLA Jr, E. (Org.) Dispersão urbana e mobilidade populacional - Teoria, Método e Evidências. Blücher. 2015. (Capítulo 4).
    DEICHMANN, U.; BALK, D.; YETMAN, G. Transforming Population Data for Interdisciplinary Usages: From Census to Grid. CIESIN. 2001. (Working Paper).
    EMPLASA. Plano de Ação da Macrometrópole Paulista 2013-2040 : política de desenvolvimento da macrometrópole, volume 1 / [Secretaria da Casa Civil]. -- 1. ed. -- São Paulo : EMPLASA, 2014
    FARRIS, F. The Gini Index and Measures of Inequality. The American Mathematical Monthly. Vol. 117, No. 10. p. 851-864. 2010.
    IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo 2010 – Sinopse do Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro, 2011.
    LORENZ, M. O. Methods of measuring the concentration of wealth, J. Amer. Statist. Assoc. 9 209– 219. 1905.
    MARANDOLA JR., E.; HOGAN, D.J. Em direção a uma demografia ambiental? Avaliação e tendências dos estudos de população e ambiente no Brasil. Revista Brasileira de Estudos de População, v. 24, n. 2, p. 191-223, jul./dez. 2007.
    OJIMA, Ricardo; MONTEIRO, Felipe Ferreira; NASCIMENTO, Tiago Carlos Lima do. Urbanização dispersa e mobilidade no contexto metropolitano de Natal: a dinâmica da população e a ampliação do espaço de vida. urbe, Rev. Bras. Gest. Urbana. vol.7, n.1, p. 9-20. 2015.
    SMA - SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DO ESTADO DE SÃO PAULO, Coordenadoria de Planejamento Ambiental. Mapa de Cobertura da Terra do Estado de São Paulo – 2010 - escala 1:100.000. 2013. Disponível em: Andlt;http://www.ambiente.sp.gov.br/cpla/mapa-de-cobertura-da-terra-do-estado-de-saopaulo/Andgt;. Acesso em: 18 set. 2013.
    TOBLER, W. R.; DEICHMANN, U.; GOTTSEGEN, J.; MALOY, K. World Population in a Grid of Spherical Quadrilaterals. International Journal of Population Geography, vol. 3, p. 203–225, 1997.
Como citar:

D''ANTONA, Álvaro de Oliveira; BUENO, Maria do Carmo Dias; "Distribuição da População e Dispersão Urbana no Estado de São Paulo, 2010", p. 133-152 . In: Dispersão Urbana e Mobilidade Populacional. São Paulo: Blucher, 2016.
ISBN: 978-85-8039-138-1, DOI 10.5151/9788580391381-12