Diagnóstico das Propriedades e Qualidade do Leite Produzido por Agricultores Familiares

GROSSO, Francine dos Santos; KATSUDA, Marly Sayuri;

Resumo:

A qualidade do leite deve ser assegurada desde a sua obtenção até a sua transformação na indústria. A qualidade da matéria-prima é um fator primordial para conversão em derivados lácteos sob níveis seguros, por isso a legislação exige limites da contaminação inicial do leite, em que esse é influenciado diretamente pelo processo de obtenção na propriedade, condições de estocagem e transporte.O Brasil caracteriza-se pela desvalorização no valor do leite in natura, falta de mão de obra especializada, baixa qualidade de alimentação animal, falta de informação e animais com baixo potencial produtivo, entre outros aspectos. Porém, a atividade leiteira é caracterizada pela mão de obra associada à agricultura, tornando-se, assim, essencial para a economia nacional. O país pode ser distinguido pelos contrastes existentes até nas cadeias produtivas de leite, nas quais existem propriedades que não possuem água nas dependências de ordenha ou energia elétrica para garantir a refrigeração adequada, até estabelecimentos rurais que possuem tecnologias das mais avançadas. Mesmo assim, a produção nacional elevou-se ao longo dos anos, com a ampliação do comércio com outros países e com o aumento da produtividade por animal (CORTEZ; CORTEZ, 2008).

0:

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/9788580391732-012

Como citar:

GROSSO, Francine dos Santos; KATSUDA, Marly Sayuri; "Diagnóstico das Propriedades e Qualidade do Leite Produzido por Agricultores Familiares", p. 239 -254. In: Tópicos em Ciências e Tecnologia de Alimentos: Resultados de Pesquisas Acadêmicas - Vol. 1. São Paulo: Blucher, 2016.
ISBN: 9788580391732, DOI 10.5151/9788580391732-012