Experiência e sentido: o uso da infografia como objeto de aprendizagem acessível para surdos

Lapoll, Mariana;

Resumo:

A união de recursos de imagens, elementos gráficos e textos concisos são característicos dos infográficos, bastante utilizados em diversos veículos de comunicação. Ao estudar sua gênese, recai-se sobre as inscrições rupestres com mais de trinta mil anos de existência, num período em que narrativas visuais eram eternizadas nas superfícies rochosas. Somente no final da década de 1980, após uma jornada de evolução de meios e suportes para imagens e textos, aparece o termo infografia. Foi num seminário promovido pela Universidade de Navarra (Espanha) que a denominação surgiu tratando do recurso utilizado, num primeiro momento, no jornalismo impresso. Em seguida, outros campos se apropriaram dos infográficos, sendo a educação um dos mais recentes a usufruir dessa ferramenta de forte apelo visual. Foi esta característica que levou Lapolli [2014] a delinear

a hipótese de que a utilização da infografia para o público surdo poderia ser adequada, tendo em vista as 
necessidades e preferências destas pessoas no que diz respeito ao acesso às informações.

0:

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/9788580393040-15

Referências bibliográficas
  • BONDÍA, J. L. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. In: Revista Brasileira de Educação [on-line]. 2002. n.19, pp.20-28. Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2017. BRAGA, C. S. O Infográfico na Educação a Distância: uma contribuição para a aprendizagem.. 15º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, 2009, Fortaleza. 15º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, 2009. BURMEISTER, D. Requirements of Deaf User of Information Visualization An Interdisciplinary Approach. Seventh Internacional Conference on Information Visualization, v. IV, n. 3, p. 433-439, 2003. CAMPELLO, A. R. e S. Pedagogia Visual / Sinal na educação dos surdos. In: QUADROS, R. M. de; PERLIN, G. (org.) Estudos surdos II. Petrópolis: Arara Azul, 2007. p.100-131.
Como citar:

LAPOLL, Mariana; "Experiência e sentido: o uso da infografia como objeto de aprendizagem acessível para surdos", p. 186 -198. In: ULBRICHT, Vania Ribas; FADEL, Luciane Maria; BATISTA, Claudia Regina. Design para acessibilidade e inclusão. São Paulo: Blucher, 2018.
ISBN: 9788580393040, DOI 10.5151/9788580393040-15