ISBN: 978-85-8039-100-8

Páginas: 140

DOI: DOI 10.5151/BlucherOA-planejamentoEAD

O Planejamento de Estudo na Educação a Distância Como Prática Discente no Combate ao Insucesso das Avaliações Acadêmicas

Jacqueline Andréa Furtado de Sousa


Investigar, registrar, analisar e discutir sobre a realidade educativa de uma turma de pedagogia na modalidade de ensino a distância e as práticas do planejamento de estudos que refletem ações que promovem sucesso nas avaliações acadêmicas é o leque de desafios em nossa pesquisa. Nossos investigados passaram anos sem estudar, alguns deles até 30 anos afastados dos estudos. A partir do momento que esses alunos retornam para a educação, agora, no contexto de nível superior, ocorrem modificações em seus hábitos e costume. Ainda mais quando a modalidade de estudos requer a utilização das novas tecnologias da informação e da comunicação e um planejamento de estudo para poder realizar as avaliações acadêmicas. Tente imaginar tais aprendentes! Entretanto, procure imaginar sujeitos possuidores de singularidades e perfil característicos daqueles que após determinado tempo, retomam aos estudos, decidindo por um curso de graduação desenvolvido a partir de uma modalidade que solicita ações de pesquisas em ambientes virtuais, aplicações de conhecimentos científicos e de mundo no desenvolvimento das unidades que integram o curso de pedagogia. Perceba que tais atitudes não eram corriqueiras no cotidiano desses alunos. Pois bem, nossa investigação procurou identificar a prática do planejamento de estudos perante a disponibilidade de tempo, a necessidade de aprendizagem, o rendimento da turma nas avaliações acadêmicas e constatar se o planejamento discente de estudos combateu o insucesso nas avaliações acadêmicas.