ISBN: 9788580391541

Páginas: 466

DOI: DOI 10.5151/9788580391541

Efeito retroativo do vestibular da Universidade Federal do Paraná no ensino de língua inglesa em nível médio no Paraná

Miriam Sester Retorta


Este trabalho visa investigar se a prova de língua inglesa do vestibular da Universidade Federal do Paraná causa efeitos retroativos no ensino dessa língua, em escolas públicas e privadas de nível médio e cursos pré-vestibulares, e, em caso positivo, determinar quais são esses efeitos. Para atingir tais objetivos, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa interpretativista de cunho etnográfco, na qual puderam ser ouvidas diversas vozes da comunidade escolar: escolas públicas (urbanas e rurais) e particulares, bem como cursos pré-vestibulares (particulares e gratuitos). Na busca de multiperspectivas sobre o fenômeno, procurou-se escolher os cenários que levassem em conta a grande desigualdade social do país, e incluíssem, como participantes, a maioria dos stakeholders (pessoas ligadas ao fenômeno direta ou indiretamente) para, ao fnal, triangularem-se os dados coletados. Além de entrevistas dos participantes, aulas de professores também foram observadas. Os resultados deste estudo mostram que o efeito retroativo da prova de inglês do vestibular da UFPR não ocorre nas escolas públicas. O que direciona o ensino desses cenários são os livros didáticos que 
cada escola adota.