ASPECTOS TÉCNICOS NA COLETA DE DADOS LINGUÍSTICOS ORAIS

OLIVEIRA Jr., Miguel;

Resumo:

Existem conjuntos de práticas específicas para a coleta de dados orais que vêm sendo adotados internacionalmente em projetos de documentação linguística. Órgãos como E-MELD School of Best Practice, OLAC (Open Language Archives Community) e o Comitê Técnico da IASA: International Association of Sound and Audiovisual Archives estudam e propõem tais práticas. É, todavia, ainda um fato recorrente a não observação dessas recomendações técnicas na coleta de dados para estudos linguísticos, seja pela falsa ideia de que o mais importante é o dado de fala em si e não a qualidade do registro, ou simplesmente pela falta de conhecimento técnico do assunto (VAUX; COOPER, 1999). O objetivo do presente texto é apresentar, de maneira concisa, usando uma linguagem acessível, técnicas recentes de recolha de dados orais para documentação linguística e listar recomendações básicas para a sua adequada realização. Não se intenta aqui explorar métodos teóricos de recolha propriamente, algo que vai depender evidentemente dos objetivos de pesquisa individuais, mas oferecer sugestões eminentemente técnicas, baseadas em recomendações feitas por órgãos internacionais de codificação e transmissão de dados de áudio.

0:

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/BlucherOA-MCMDS-2cap

Referências bibliográficas
  • BOWERN, C. Linguistic fieldwork: A practical guide. Basingstoke, UK: Palgrave Macmillan, 2008.
    PLICHTA, B. Data aquisition problems. In: Signal acquisition and acoustic analysis of speech, 2004. Disponível em http://bartus.org/akustyk/signal_aquisition.pdf (Acessado em 11 de agosto de 2013).
    SIMONS, G. Ensuring that digital data last. In: SIL Electronic Working Papers 2006-003, 2006.
    VAUX, B.; COOPER, J. Introduction to Linguistic Field Methods. Munich: Lincom Europa, 1999.
Como citar:

OLIVEIRA Jr., Miguel; "ASPECTOS TÉCNICOS NA COLETA DE DADOS LINGUÍSTICOS ORAIS", p. 11-15 . In: Metodologia de Coleta e Manipulação de Dados em Sociolinguística. São Paulo: Blucher, .
ISBN: 978-85-8039-086-5, DOI 10.5151/BlucherOA-MCMDS-2cap